Principal Saúde7 causas comuns de dor abdominal inferior esquerda

7 causas comuns de dor abdominal inferior esquerda

Saúde : 7 causas comuns de dor abdominal inferior esquerda

Leia o aviso na parte inferior.

O estômago ou a dor abdominal na parte inferior esquerda do abdômen estão geralmente associados aos problemas do aparelho digestivo. Além disso, a dor no lado esquerdo do abdômen também se manifesta devido a problemas nos órgãos reprodutivos, trato urinário, problemas de pele, vasos sanguíneos ou parede corporal. Isso causa sensibilidade à dor, desconforto intenso e rigidez na parte abdominal inferior esquerda.

Causas de dor abdominal inferior esquerda

Vários órgãos localizados no abdômen inferior esquerdo são uma continuação daqueles no abdômen superior, e alguns são completamente diferentes. Aqui você encontra a borda inferior do rim esquerdo, o ureter esquerdo, parte do cólon, cólon sigmóide e parte da bexiga, grandes vasos sanguíneos e nervos. E nas mulheres, a trompa de Falópio e o ovário esquerdos. Além de causar dor no abdome superior esquerdo, algumas causas (câncer de intestino, aumento da aorta abdominal, intoxicação alimentar, infecção ou pedras nos rins, gases presos etc.) podem ser a causa de dor no abdome inferior esquerdo.

Diverticulose

A diverticulose causa dor generalizada que aumenta gradualmente e depois se localiza no abdômen inferior esquerdo. Às vezes é acompanhada de febre, inchaço e alterações na aparência das fezes. A quantidade de fezes reduz e é mais rara. Em alguns casos, pode estar relacionado à perfuração do cólon com peritonite (inflamação do peritônio);

Sintomas:

A maioria das pessoas não tem sintomas. Portanto, é possível haver diverticulose por anos antes de ser detectada. Com o tempo, pode ocorrer infecção e inflamação. Ocorre em vinte por cento dos casos. Os sintomas desta infecção podem ser bastante graves. Dor abdominal - especialmente no lado esquerdo na parte inferior, febre, flatulência, diarréia ou constipação, falta de apetite e, às vezes, vômito. A maioria das pessoas somente após a inflamação descobre pelo médico que elas têm diverticulose. A diverticulose pode ser dolorosa sem inflamação em casos raros, quando a pessoa próxima a esta doença apresenta intestino irritável. Os sintomas incluem diarréia e cãibras, sem sinais de febre.

Obstrução intestinal

Uma obstrução intestinal ocorre quando o intestino está total ou parcialmente bloqueado. Portanto, o processo de digestão não pode prosseguir até a conclusão. Obstrução intestinal decorre de muitos fatores. As causas mais comuns são encarceramento (estrangulamento), hérnia, constipação ou tecido intestinal, resultado de infecção ou cirurgia anterior na cavidade abdominal. No entanto, a passagem de alimentos pelo intestino também pode interferir em neoplasias como câncer de cólon ou carcinoide. Às vezes, parte de um intestino saudável pode torcer ou inclinar (isso é chamado de Volvulus ). Em casos raros, a causa da obstrução intestinal é um bloqueio parcial ou completo devido a itens não digeríveis, por exemplo, moedas ou chaves que o paciente engoliu acidentalmente.

Prisão de ventre

Obstipação ou intestino lento, o problema com muitos termos que aflige muitas pessoas. Segundo as estatísticas, aproximadamente cada décima pessoa tem problemas com movimentos irregulares do intestino. É crucial curar a constipação. Não apenas por causa da dor irritante que produz no abdômen inferior esquerdo, mas também pelo motivo de os resíduos do corpo serem retidos o mais curto possível. Felizmente, existem muitas maneiras de curar a constipação. A constipação pode ser o resultado de tomar opiáceos (morfina e codeína), ou certos medicamentos, maus hábitos quando se trata de nutrição, como ingestão insuficiente de fibra alimentar ou hidratação inadequada.

Doença de Crohn

É a doença inflamatória do intestino delgado. Os sintomas da doença são diarréia crônica, que quase sempre segue intestino muito nervoso, dor e difícil absorção de nutrientes. Terapia para a doença de Crohn: um gastroenterologista especialista deve estabelecer o diagnóstico. Isso ocorre porque existe o risco de doenças graves como o câncer de cólon. Durante um episódio agudo, introduza exclusivamente alimentos líquidos leves. Isso ajudará você a acalmar a irritação do cólon.

Cistos e tumores nos rins

Cistos e tumores são uma das causas de dor no abdome inferior esquerdo. Eles não causam dor, a menos que sejam maiores que 4-5 cm de diâmetro. Sabe-se que cistos e tumores dos rins, que geralmente são malignos, são acidentalmente revelados durante uma ecografia da cavidade abdominal.

Dor no ginecologista abdominal inferior esquerdo

Essa dor aguda geralmente está localizada no abdome inferior, no centro ou no lado esquerdo ou direito;

Geralmente é acompanhada de inchaço das mamas e pular períodos menstruais, náuseas e vômitos em caso de gravidez ectópica ( gravidez ectópica ).

Infecção do trato urinário

A dor aumenta gradualmente a partir do centro do abdome inferior. Os médicos determinam cada vez mais a doença do trato urinário em pacientes que se queixam de dor na área abdominal esquerda inferior. Manifesta-se como sensação de queimação durante a micção. A necessidade de urinar com frequência, mesmo à noite; urina turva com um odor específico. Às vezes, as infecções urinárias são acompanhadas por dores nas costas, febre e sangue na urina.

Como tratar a dor abdominal inferior esquerda?

Procure ajuda médica profissional

A dor abdominal na região inferior esquerda pode ser o resultado de condições médicas agudas. Se a pessoa não puder ter evacuações normalmente ejeta sangue através do vômito e das fezes, tem um abdome rígido, com uma dor aguda, de repente sofre um sangramento vaginal anormal, deve procurar ajuda médica imediatamente. Sintomas da bexiga, diminuição do apetite e febre são sinais aos quais você também deve prestar atenção especial.

Faça algumas mudanças na dieta

Algumas condições que levam à dor aguda no abdome inferior esquerdo são resultado de maus hábitos alimentares. Para ser mais saudável em todos os aspectos, é aconselhável mudar para uma dieta equilibrada. Certifique-se de que você está recebendo água suficiente diariamente, pois isso evitará problemas como acúmulo de gás no abdômen e prisão de ventre. Além disso, observe cuidadosamente quais alimentos causam irritação no estômago e tente sempre evitá-los.

Experimente algumas mudanças no estilo de vida

Exercícios específicos para o corpo, como dança do ventre e alguns exercícios de ioga, podem ajudá-lo bastante para relaxar os músculos abdominais e, assim, evitar dores abdominais.

Isenção de responsabilidade: As informações fornecidas neste site destinam-se apenas ao seu conhecimento geral e não substituem aconselhamento médico profissional ou tratamento para condições médicas específicas. Consulte o seu médico com qualquer dúvida ou preocupação que possa ter em relação à sua condição.


Categoria:
Nada é sempre uma coincidência.
Como viajar de graça